25/10/13

7 das melhores comédias românticas de sempre

(Aquelas que deram cabo de muitas relações mais simples)
Seguindo o impulso que senti quando li a e-news de há dias da Refinery29 - obrigada Inês -, aqui vai a minha lista das melhores declarações de amor em filmes ou os melhores filmes de amor de sempre.
Quando falo das melhores, falo daquelas declarações (ou constatações de estar apaixonado) que são tão poéticas ou extravagantes que devem ter arruinado a possibilidade de felicidade normal para muitas pessoas. Isto é, de felicidade tranquila sem terem de ficar com a pele arrepiada e com as pernas a tremer de cinco em cinco minutos - ao longo de toda a vida.
Como diz alguém num filme romântico qualquer: "estás mais interessado no sweeping up do que na pessoa em si".
Não concordo com todos os que eles escolhem, por isso fiz a minha própria lista:

- Before sunrise (1995) e Before sunset (2004) - Ethan Hawke e Julie Delpy. Estes não tenho de justificar, porque já escrevi sobre eles montes de vezes.
- French Kiss (1995) - o filme mais amoroso do mundo. Meg Ryan antes de lhe acontecerem coisas estranhas à cara e Kevin Kline bronco mas carinhoso ao mesmo tempo. O beijo adormecido no comboio é demais.
- Adventureland (2009) - é preciso ver o filme até ao fim, e aí há arrepios prometidos. Jesse Eisenberg (aka o rapaz que uns anos depois criou o facebook) e Kirsten Stewart (a vampira) num parque de aventuras com o trabalho de Verão mais looser do mundo.
- Silver linings playbook (2012) - querido e bonito, existencial e interessante. Com Bradley (What a Hunk) Cooper e Jennifer Lawrence.
- When Harry met Sally (1989) - textualmente o mesmo que diz a Refinery29 sobre este filme, citando o Harry: "When you realize you want to spend the rest of your life with somebody, you want the rest of your life to start as soon as possible." Mais uma vez, Meg Ryan antes de ter ficado desfigurada.
- Someone like you (2001) - este vi em Nova Iorque, o que só contribuiu para aumentar o interesse do filme. Com Hugh Jackman e Ashley Judd - uns queridos - gosto especialmente da cena do encontro casual na cozinha.
- Reality Bites (1994) - Ethan Hawke outra vez, com Winona Ryder antes daquele problema com o saco das compras. Assinalo o desespero juvenil deles.

5 comentários:

andré disse...

Vai ver Frances Ha.

Está agora nas salas.

tem lá uma das melhores de sempre.

Pu-la no meu cacifo, se quiseres ver.

Joana A disse...

Li o que escreveste e vi o clip. Fiquei curiosa. Ontem fomos ver o Blue Jasmine. Estamos muito atrasados. Grande performance da Jasmine. Bjs

Paulo Menezes disse...

Por amor da santa, Joana. O único que escapa é o Silver linings playbook porque tem 2 doentes mentais, o resto blghhhhhhhh.......mais vale as novelas, tem historias de amor mais interessantes. Meg Ryan? Ethan Hawke? Hugh Jackman?
Eu sei que não vais gostar do comentário, mas alguém tinha de dizê-lo. ha hahah ah a hah ha ha.

Joana A disse...

És uma péssima pessoa, pouco dada a romantismos, aposto...
Uma citação do filme "Dan in real life" para ti, um dos melhores filmes de amor também:
"You are a murderer of love!".
De que filme romântico gostas?

Paulo Menezes disse...

Tantos, um dos maiores "Wild at Heart" - David Lynch. Mas confesso o meu lado pouco dado ao romance, mas dai a ser uma péssima pessoa, não me revejo nesse papel.

citação:
SAILOR
[to Lula] The way your head works is God's own private mystery.