22/10/13

A situação com o parque de estacionamento

Ando a tentar contratar um colaborador júnior para um estágio. Depois de filtrar para cima de 80 CV (alguns verdadeiramente despropositados e outros que padecem do mal Europass), cheguei a um candidato de que gostei mais (carta de apresentação, CV, trabalho que pedi e entreista). Veio cá para uma segunda entrevista. Obrigada e depois telefono-te, ok? Liguei passado umas horas a dizer-lhe que o tínhamos seleccionado e a perguntar se podíamos contar com ele. Pediu-me o fim-de-semana para pensar. Estranhei, mas ok. Ontem ao final do dia ligou-me a dizer que agradecia, mas que tinha estado a fazer contas e o dinheiro que ia gastar em gasolina e parques de estacionamento (!!!) não compensava o que ia ganhar. "Tenho de gastar para cima de 400 euros em deslocações e não compensa."
Desliguei o telefone a rir-me, despachando-o rapidamente. Sabem aquilo que dizem os velhos? "Se fosses meu filho levavas um puxão de orelhas..." Está tudo doido?

2 comentários:

anniehall disse...

Por que não tenta um/a sênior ?

Joana A disse...

Porque preciso de um júnior mesmo. bjs